Circuito Itinerante

CIRCUITO BANNER

O Circuito Itinerante da Cinemateca Santa Dica é um programa de cultura audiovisual que foi realizado durante o mês de agosto de 2015, em pequenas comunidades nos municípios de Pirenópolis, Abadiânia, Alexânia e Corumbá de Goiás, privilegiando povoados e moradores da zona rural que geralmente não têm acesso a ações culturais que não sejam suas próprias manifestações tradicionais. A proposta compreende a realização de mostra de filmes com curadoria sobre o tema Identidade e Patrimônio Cultural, e ainda a realização de uma oficina de fotografia, com abordagem etnográfica focada em Narrativas Afetivas sobre Retratos de Família. O projeto foi realizado com apoio do Fundo de Arte e Cultura do Governo do Estado de Goiás.

Dentre os filmes selecionados, foram exibidos o longa-metragem Narradores de Javé, dirigido por Eliane Café, e diversos curta-metragens de diferentes gêneros, com a mesma perspectiva temática, incluindo filmes silenciosos do período do Primeiro Cinema. A mostra contemplava ainda sessões com filmes de animação exclusivas para o público infantil.

A oficina promoveu a produção de arquivos contendo narrativas de memórias de membros da comunidade a partir de retratos de família, selecionados por eles próprios, para contar sua história.

O cronograma realizado foi o seguinte:

Dia 01/08/15 – Corumbá-GO

Foi realizada a Mostra de Filmes no Cine Teatro Esmeralda, com apoio da Secretária Municipal de Educação e Cultura, e a Oficina Narrativas Afetivas sobre Retratos de Família com membros da comunidade que haviam sido previamente mapeados pela produção. Os depoimentos foram gravados produzindo arquivos audiovisuais que passam a constituir parte da memória da cultura local. Além da programação oficial, a produção do projeto ofereceu à comunidade pipoca e pula-pula, com acesso gratuito.

Dia 14/08/15 – Povoado de Jaranápolis – Município de Pirenópolis

Foi realizada a Mostra de Filmes no pátio da Escola Estadual Jarbas Jayme, ao lado da praça central do povoado, espaço já consolidado junto à comunidade para realização de eventos. A estrutura contou com uma tenda e foi oferecida pipoca para o público presente. O evento contou com a presença de alunos, professores, colaboradores da escola, familiares e demais membros da comunidade. A Oficina de Fotografia foi realizada em dois momentos. O primeiro contou com a participação dos alunos da Escola Estadual Jarbas Jayme, com o apoio dos professores e gestores da escola, e foi realizada na biblioteca da escola. A produção fez um planejamento pedagógico com visitas prévias específicas para aquela escola. O resultado foi muito satisfatório. Os alunos levaram de casa retratos de suas famílias e aprenderam sobre o papel do arquivo fotográfico na preservação da memória. Num segundo momento, a oficina foi realizada com membros notórios da comunidade, previamente selecionados pela produção, incluindo até mesmo pessoas do povoado vizinho, denominado Índio, também localizado no município de Pirenópolis. Nessa etapa, tivemos o registro de um cidadão que comemorava 110 anos de idade naquele dia, e que é conhecido por toda a região como um personagem centenário que capina, ainda hoje, todos os dias, à beira da rodovia.

Dia 16/08/15 – Povoado de Abadiânia Velha, Município de Abadiânia

Foi realizada a Mostra de Filmes no Salão Paroquial da Igreja Católica, agregada à programação da Festa da Padroeira da cidade. A data do evento do projeto foi estrategicamente atrelada à festa local para aproveitar o grande fluxo de pessoas de toda a região que estão presentes no povoados neste dia.  A Oficina de Fotografia foi realizada na semana seguinte, com a participação de membros  locais mapeados previamente pela produção do projeto.

Dia 21/08/15 – Povoado Olhos D’Água, Município de Alexânia

Foi realizada a Mostra de Filmes no NACO – Núcleo de Arte do Centro-Oeste, espaço privado de finalidade cultural sem fins lucrativos, localizado na praça central da cidade, onde habitualmente ocorrem eventos de arte e cultura. A realização neste local foi feita mediante uma parceria com os gestores do espaço, que solicitaram uma parceria com a Cinemateca Santa Dica de Pirenópolis para contribuir na gestão de um cine-clube que está sendo formado naquelas instalações. O acesso ao público foi aberto e gratuito, e teve a participação de alunos e professores da rede pública de ensino, bem como membros da comunidade. A Oficina de Flotografia foi realizada com alunos da Escola Estadual Padre Antonio Marcigalha, contando com apoio de gestores e professores, mediante planejamento pedagógico prévio. Os resultados forma bastante satisfatórios, e abriram espaço para novas possibilidades de continuidade deste e de novos projetos no local.

Dia 22/08/15 – Povoado de Caxambu, Município de Pirenópolis

A Mostra de Filmes foi realizada na praça central do povoado de Caxambu, ao lado da igreja, depois da missa. Fizemos uma parceria com o padre que nos apoiou na divulgação e ofereceu apoio no preparo da pipoca. Foi servido também refrigerante para todo o público. Do lado oposto da praça, acontecia concumitantemente uma feira local, de modo que os frequentadores da feira também participaram da ação cultural. A oficina de fotografia foi realizada na semana seguinte, com a participação de notórios moradores locais que foram previamente selecionados pela produção.

Dia 20/08/15 povoado de Placas e 24/08/15 povoado de Lagolândia, Município de Pirenópolis

O evento no povoado de Lagolânida/Pirenópolis, previsto no Circuito Itinerante, foi desdobrado em duas etapas, incluindo o povoado de Placas. A Mostra de Filmes foi realizada no dia 20/08/15 em Placas e a oficina de fotografia foi realizada no dia 24/08 em Lagolândia. Essa inicitativa foi tomada por conta dos moradores de Lagolândia estarem envolvidos, neste período, numa festa religiosa tradicional que acontece no povoado de Placas. Dessa forma, decidiu-se por fazer a mostra de filmes agregada à festa em Placas e realizar a oficina em Lagolândia. O fato é que a festa contou com público dos dois povoados, que são bem próximos, assim a ação realizada pelo projeto pode maximiar o acesso ao público. A mostra em Placas foi realizada na praça central ao lado da Igreja, com apoio dos festeiros locais, e foi um grande sucesso de público. A Oficina de Fotografia em Lagolânida foi realizada na Escola Estudal Benedita Cipriano Gomes, com o apoio e participação de alunos, gestores e professores, e teve também uma etapa com depoimentos de notórios moradores da região, previamente selecionados pela produção.

 

IMAGENS COM ALGUNS REGISTROS DAS AÇÕES

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *